quinta-feira, maio 27, 2010

Hoje perdi um amigo...



Hoje preciso de desabafar… Há muito que não escrevo nada devido a vários factores, desde a minha vida profissional, à minha vida pessoal e social e até mesmo (e principalmente) aos ataques de preguiça e falta de vontade para escrever.

A minha vida mais ou menos tem corrido bem, apesar de passar muito tempo fora os problemas e dificuldades que eu passei no ano de 2008 e metade do ano de 2009 foram (quase) resolvidos, conheci uma pessoa pela qual me apaixonei e ela por mim, estamos muito felizes juntos (ou o pouco que passamos juntos), tudo vai como se diz na gíria popular e também na gíria do meu trabalho, de "vento em popa".

Mas infelizmente a vida não é perfeita e houve dois acontecimentos nestes últimos tempos que me deixaram de rastos e um deles chegou até a interferir com a minha relação com a P.

Não vou especificar o primeiro aqui porque envolve terceiros que me são muito próximos e não vale a pena nem é conveniente expor vidas privadas aqui na internet, mas resumindo foi que houve uma pessoa que sempre foi o meu modelo e inspiração que de um dia para o outro deitou tudo isso por terra, fazendo-me sentir traído, como que se tudo o que de bom que vi e aprendi com ele desaparecesse de um momento para o outro, foi como se o mundo desabasse a meus pés.

O segundo aconteceu hoje, ou melhor tive a notícia hoje de manhã, e foi o falecimento do meu camarada de serviço com quem eu lido (lidava) quase todos os dias, chegando a passar mais tempo com ele do que com a P. e com a minha família.
O Catalão, era uma pessoa fantástica, um excelente profissional, um camarada e amigo, nós os dois nos completávamos, um ao outro, tínhamos um convívio enorme, éramos confidentes um do outro, quando ele tinha problemas pessoais ou eu, sabíamos que tínhamos sempre um ombro e um amigo para nos apoiar e aconselhar, quando em missões fora, saiamos, divertíamo-nos os dois e com o resto do pessoal, noitadas em Portimão, em Ponta Delgada, petiscadas e "almoçaradas" em Tróia, enfim tudo o que a vida tem de bom…

Mas a vida prega-nos partidas… E com ele foi cruel, deixou-o num momento de felicidade, junto aqueles que ele mais amava, no auge da juventude, desfazendo os sonhos e projectos futuros que ele tinha para ele e para a família.

A vida é má e injusta, o que agora é bom e parece perfeito no segundo a seguir é terrível e miserável, sei que o contrário também acontece mas infelizmente cada vez vejo mais infelicidade e azar em vez de alegria e felicidade…Fiquem bem

Pipas

4 comentários:

Deboraah13 disse...

Nao acredito!!! :(
Tive o prazer de trabalhar com ele na mesma unidade, se nao me engano na Sacadura Cabral.

Mas o que aconteceu???
Que terrivel noticia :((
Os meus sentimentos a toda a familia e amigos.

Brown Eyes disse...

Sinto muito e muita força.

BE

Deboraah13 disse...

Obrigada por teres respondido!
Realmente foi uma infelicidade horrivel, ainda por cima na situacao que foi!

Muita forca Pipas
E mais uma vez aqui deixo os meus sentimentos a familia e amigos!
Fica bem

Debora Nobrega

Cartão Azul disse...

Para ti Catalão

Estejas onde estiveres, nós por cá continuaremos a ter em ti aquele camarada que pessoal e profissionalmente era dos melhores que poderíamos ambicionar. Descansa em paz

Francisco Gavancho