terça-feira, abril 08, 2008

Pulitzer e Liberdade de Expressão


Última hora!!!
Coincidência, ainda há pouco fiz o post sobre o Prémio de Fotojornalismo Visão/BES, quando para meu espanto, pouco depois, aqui nas minhas "voltinhas" pelos jornais na net, descubro que acabou de ser atribuído o Prémio Pulitzer (Breaking News Photography) deste ano.
O vencedor foi o fotógrafo Paquistanês Andrees Latif, da agencia REUTERS, com a fotografia tirada na Birmânia, durante as manifestações dos Monges Budistas, em que capta o momento onde um soldado do exército Birmanês, mata o jornalista japonês kenji Nagai, que cobria essas manifestações.
Esta fotografia, para além de ser uma boa fotografia, tecnicamente falando, mostra também a facilidade com que "certos regimes políticos", não têm qualquer tipo de problema, em utilizar quaisquer que sejam os métodos de repressão para "calar" os seus opositores, nem que seja o "método" de "abater" impunemente jornalistas, cuja missão é defender a Liberdade de Expressão e dar a conhecer ao mundo essas atrocidades, tal como esta fotografia demonstra.
Um voto de apreço e sentimento por todos os jornalistas mortos, presos e torturados, apenas por tentarem cumprir com a sua missão.
A todos eles obrigado
Pipas

3 comentários:

Brown Eyes disse...

Olá Pipas
Obrigada pelas sempre tão simpáticas palavras aos meus escritos. Quanto a esta fotografia, já a tinha visto também e confesso que me provoca arrepios que em pleno Séc. XXI se continuem a cometer estas atrocidades. Pelo menos ficam documentadas, mas infelizmente continua a ser o mundo em que vivemos, com muita opressão e uso da força para calar as bocas da reacção.

Fica bem
BE

arco-íris negro disse...

Bem, uma pessoa fica sem net, chega aqui e são MAGOTES DE POSTs... pah, "ascentra-te"!!!

Pra mim, esta esmaga-nos.
Seguramente, fotojornalismo no seu melhor.
Vendia a minha alma pra estar no Tibete a fazer fotoreportagem...
"Ai até me saía uma pinguinha de contentamento..." LOL

Paracletus disse...

Esta foto é arrepiante! Mereceu bem o Pulitzer.