quinta-feira, maio 22, 2008

The Thin Red Line / A Barreira Invisível


Boas amigos(as), ontem de noite, estive a ver/rever um dos filmes "de guerra", que melhor abordam essa temática feito nos últimos anos.
O filme é o "The Thin Red Line" título original mas com o título de "A Barreira Invisível" em Português.
Baseado no livro de James Jones, é passado durante a invasão da ilha de Guadalcanal no Pacífico Sul em 1942, batalha decisiva para o virar da 2ª guerra mundial para o lado dos Aliados nessa zona do conflito.
A história centra-se numa série de soldados, pertencentes a uma companhia a "Charlie" que participa na primeira vaga da invasão. A partir daí, toda a acção desenvolve-se por pequenas histórias pessoais, com uma visão crítica e muito sincera da "Guerra", que vai desde o oficial que coloca a segurança dos seus homens a cima do dever e do cumprimento das ordens, ao soldado que fica louco e desesperado ao assistir e participar em tanta "carnificina" e luta.
A nível psicológico e emocional para quem assiste ao filme, mexe com os nossos sentimentos e põe-nos a pensar no verdadeiro sentido e porquê de tanta luta e mortandade.
Este filme, tem uma fotografia fantástica, muito por causa das paisagens fabulosas e mesmo parasidíacas dessa zona do mundo, utilizando tanto grandes planos dessas mesmas paisagens, como planos curtos e intimistas, dos personagens ajudando com isso a carga psicológica do filme.
Realizado por Terrence Malick, contêm um grande lote de actores conhecidos, apesar de alguns apenas entrarem em curtas cenas do filme, como é o caso de John Travolta e George Clooney, para além destas participações os actores principais são: Sean Peen; James Caviezel; Woody Harrelson; Nick Nolte; Adrien Brody e muitos mais.
Para mim, este filme é dos melhores que juntamente com o Apocalypse Now, Platoon; Full Metal Jacket, abordam a temática da guerra, a sua razão e os conflitos e transformações interiores que se dão nos Homens quando em situações extremas e desesperadas.
Aconselho a sua visualização a todos que ainda não viram ou que o queiram ver com outros olhos.
Fiquem bem
Pipas

4 comentários:

arco-íris negro disse...

parece-me bem, mas não me consigo lembrar que já vi ou não...
grande elenco...

aespumadosdias disse...

Quando o vi fiquei maravilhado.

Sofie disse...

Não gosto muito de filmes de guerra... mas este éuma excepção... Adorei e adoro-o sempre que o revejo...
O filme faz uma abordagem à parte psicologica da guerra incrivel.
É UM GRANDE FILME

Paracletus disse...

Vi esse filme há muito tempo e gostei bastante.
Na altura ele concorria aos Óscares juntamente com "O resgate do soldado Ryan", mas acabou por não ganhar nenhum.
É um bom filme sobre um dos episódios mais dramáticos da 2ª G.M., pois é dotado duma grande intensidade psicológica, e do ponto de vista técnico tem uma boa fotografia, além dum excelente casting. Expressa muito bem o conflito interior das personagens que intervêm no T.O. (Teatro de Operações) retratado.
Melhor que esse filme, relativamente à temática da 2ª G.M., é aquela série que passou na SIC, há uns anos atrás, "Band of Brothers"...