domingo, janeiro 20, 2008

Ainda querem que se leia neste país...

Meus amigos, isto anda tudo doido!
Ontem, depois de visitar o meu irmão, fui ao centro comercial "El Corte Ingles", que fica perto do hospital onde ele está internado, aí dei uma volta e dirigi-me às secções que mais me interessam, tal como nós fazemos quando vamos a esses "antros de consumismo". Primeiramente fui ver o material fotográfico, onde naturalmente fiquei deslumbrado com todo o equipamento que lá estava exposto, mas não é sobre isso que quero falar, depois de ver o material fotográfico, dirigi-me à parte da livraria. Como grande apreciador de literatura que sou, comecei de imediato a ver os livros expostos, à procura de alguns que tinha em memória para ver e outros que lá estavam, mas o grande problema é que os livros estão cada vez mais caros, é incrível!!
Neste país, onde tanto se fala na iliteracia e na pouca vontade de ler, os livros estão cada vez mais caros. Como é possível, um livro custar 30 euros e por vezes mais! Não admira que as pessoas que já têm pouca vontade de ler, ao verem estes preços, ainda menos vontade tenham de comprar livros. Penso que as grandes editoras e o governo, deviam de arranjar maneira de os livros serem mais baratos, apesar de a taxa de I.V.A. ser menor do que a dos outros produtos e bens que não os de 1ª necessidade, mas só isso não chega. Penso que há da parte das grandes editoras e grupos editoriais, a pouca vontade que isso aconteça, tal como no resto, também o dinheiro se sobrepõem à cultura e educação do povo.
Por hoje é só.
Abraços
Pipas

P.S. O meu irmão passou mal a noite, não consegue dormir por estar tanto tempo na mesma posição, terça em princípio é operado.

2 comentários:

Paracletus disse...

Dum modo geral o povo português só consome ostentação, nunca cultura...

arco-íris negro disse...

É fácil de entender e pior vai ficar...
Já lá vai o tempo em que o livro era um desvendar, uma fonte de informação, um mundo aparte onde viajavamos...

Agora...Pais do Amaral, uma criatura que diz à boca cheia, nem gosta de ler...compra as grandes editoras portuguesas...Porquê?
Fácil, nem todos lemos, a iliteracia está a baixar e a tendência é para aumentar, e assim será...

Um mercado em ascensão, um negócio, um bem que vai encarecer cada vez mais...
Já lá vai a Era das editoras cheias de sonhadores que amam as letras batidas no papel...