domingo, fevereiro 17, 2008

Um novo País!!

Photobucket

Boa noite meus amigos(as), hoje é um dia "histórico", nasceu mais um país, o Kosovo.
Todos vocês, já devem de ter ouvido falar deste país, de todas as perturbações, guerras e matanças, podemos mesmo falar em limpeza étnica que lá aconteceram.
O Kosovo, fazia parte da antiga Jugoslávia, e por sua vez após o seu desmembramento na década de 90 do século passado, ficou integrado na República Sérvia. O problema, é que o Kosovo, é composto por uma maioria populacional de origem Albanesa e é essa diferença que fez criar essa vontade separatista. Em 1991, é feita uma primeira declaração de independência, que não é reconhecida internacionalmente e que causa a chamada "Guerra do Kosovo", o regime Sérvio envia tropas para a região para combater os grupos de guerrilheiros independentistas e começa uma "matança", na população de origem Albanesa, que vai obrigar a U.E. e os Estados Unidos a intervirem.
Em Março de 1999, a N.A.T.O. intervem, bombardeando as forças Sérvias, obrigando-as a retirar.
Desde 1999, o Kosovo tem sido governado e administrado pela O.N.U., tendo hoje, (17 de Fevereiro de 2008), declarado a sua indepêndencia.
Até aqui tudo muito bonito, mas é claro que há o outro lado.
A Sérvia, opõem-se e considera ilegal a secessão do Kosovo, e já ameaçou que vai fazer tudo ao seu alcance para condenar este acto, vai cortar relações, fechar fronteiras, embargos, etc.. Outros países, tais como a Espanha, Grécia, Chipre, Roménia e outros que também têm problemas de separatismo, não vão reconhecer a independência, a Rússia, como aliada e com interesses políticos na Sérvia também não reconhece o Kosovo. Por outro lado a maioria dos outros países, principalmente os Estados Unidos, Alemanha, Grã-Bretanha e Itália, já se comprometeram em reconhecer a indepêndencia.
Eu pessoalmente, sou a favor da independência do Kosovo, visto históricamente, socialmente e culturalmente, nunca terem tido grandes ligações à Sérvia e analisando o que sucedeu às outras repúblicas da ex.-Jugoslávia, têm o mesmo direito à independência como a Macedónia ou o Montenegro.
Espero que este novo país, consiga vingar e evoluir, tornando-se num estado responsável e democrático e que respeite também as minorias, tal como eles já o foram.

Amanhã na SIC depois do jornal da noite, entrevista com o nosso 1º ministro, a não perder!!
Nem que seja só para nos rirmos um pouco com as aldrabices dele.
Boa noite
Pipas

3 comentários:

arco-íris negro disse...

Primeiro, esta coisa de dizeres boa noite a seguir ao almoço ainda me dá mais vontade de largar tudo e entregar...
Sinceramente, eu devo ser daquelas poucas parvas que pensa...Se eles são albaneses, porque não juntarem à albânia?
E sobre a tua bela ideia de serem respeitadas as minorias...Boa sorte, eu faço parte de uma maioria discriminada, de uma profissão em minoria e de uma Comunidade Cultural também em minoria...E sei bem que isso fica bem nas intenções, na Constiuição mas na prática...niente.
E pronto, se não querem fazer parte de lado nenhum acho bem terem um quintal só pra eles LOL
E quanto ao Sócrates, eu cá gosto mais do gato fedorento :o)

CatarinaGarcia disse...

Tive o prazer de conhecer vários sérvios enquanto fiz o meu erasmus.
Na minha opinião não se fala de muita coisa como, por exemplo, o kosovo ser o berço da nação da sérvia (tal como bragança para portugal), e os sérvios terem apoiado o povo albanês, desde que fugiram da ditadura comunista da albânia, sempre como iguais. deram-lhes tudo o que precisavam, acesso à educação, por exemplo, e respeitaram a religião deles (a sérvia parece que é o pais europeu com mais feriados devido à quantidade de religiões existentes). Depois de ouvir a parte deles, e saber que a televisão exagerou muita coisa, eu simplesmente entendo o lado da sérvia. Não se entende como algo assim possa ter acontecido da parte de um povo de emigrantes a quem lhes foi dado tudo.. incrível..

CatarinaGarcia disse...

Bragança não, guimarães, troco smp os nomes :|