terça-feira, junho 03, 2008

Frase...

"Repara-se no estardalhaço em torno do caso pequena Esmeralda, cujos afectos são disputados por duas famílias. Mas quem repara nas cerca de 500 crianças que (...) não são disputadas por ninguém?"
Teresa Caeiro, deputada do CDS-PP, in "Correio da Manhã", 3-6-2008

Reparei na frase desta srª deputada, que por acaso até é de um partido que não tem muito a ver com as minhas ideologias, mas que está bem certa, dá que pensar...

4 comentários:

aespumadosdias disse...

O CDS preocupa-se muito com as crianças que não são adoptadas por ninguém? Mas Não os vejo a tomar nenhuma iniciativa nesse sentido.

Angiestrumpf disse...

Bem... não podemos sozinhos salvar o planeta, mas se cada um de nós salvar uma plantinha... o mundo torna-se mais verde. Isto aplica-se a tudo na vida. O caso Esmeralda tornou-se tão mediático pelos contornos que tem... Imaginem o que é um dia alguém virar-se para vocês e dizer: "Olha, tu não te chamas Manuel. O teu nome é Joaquim e os teus pais não são a Francisca e o António, mas sim a Margarida e o Ambrósio. Além do mais esta casa não é a tua. Agora vais morar para outro lado..."
O caso das crianças que estão para adopção nada têm que ver com este caso... aliás, esta menina não esteve institucionalizada. Foi entregue pela mãe biológica, directamente ao casal que a acolheu.
Portanto, discordo da comparação. Seria o mesmo que dizer: "Fala-se tanto no aumento dos combustíveis que afecta quem anda de automóvel, mas quem repara naqueles que não têm dinheiro para sequer comprar um carro?"

arco-íris negro disse...

a sra falou bem, a espuma dos dias falou melhor...

Paracletus disse...

Por acaso dá que pensar...
Mas, infelizmente, a maioria das pessoas ainda tem preconceitos em relação à adopção. Além disso, para as que não os têm, é desestimulante adoptar devido à burocracia.
Enfim, há que mudar as mentalidades e a legislação...